Em cooperação com o Ministério da Defesa e o Ministério de Portos e Aeroportos do Brasil, voo com 3 toneladas e 55 pessoas decolou de Guarulhos (São Paulo) e pousou na Base Aérea de Canoas no sábado (18); remessa também conta com as primeiras doações vindas de Portugal

 

Foto: Divulgação

 

Em cooperação com o Ministério da Defesa e o Ministério de Portos e Aeroportos do Brasil, o programa Avião Solidário da LATAM realizou neste sábado (18/5) o seu 5º voo humanitário para o Rio Grande do Sul. Desta forma, a companhia alcançou a marca de 119 toneladas de doações (água, cobertores, medicamentos, fraudas, papel higiênico, lenço umidecido, entre outros itens) e 102 voluntários (médicos, enfermeiros, veterinários e bombeiros) transportados gratuitamente para a região Sul desde 9 de maio de 2024.

 

Foto: Divulgação

 

O voo especial com 3 toneladas de doações e 55 voluntários que partiu de Guarulhos (São Paulo) neste sábado (18) teve 1h30 de duração e reduziu em 1 dia o tempo de deslocamento da ajuda humanitária entre as duas cidades na comparação com um transporte rodoviário. Também fez parte da remessa embarcada no voo especial a primeira carga de 300 quilos de doações feitas pela comunidade brasileira em Portugal, transportadas gratuitamente ao Brasil pelo Avião Solidário na sexta-feira (17/5), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores.

 

Há 11 anos, o programa Avião Solidário da LATAM já beneficiou mais de 140 milhões de pessoas no Brasil com o transporte gratuito de mais de 4,6 mil animais e 282 milhões de vacinas contra a Covid-19 para todos os estados brasileiros. O programa coloca a conectividade da LATAM à serviço da sociedade brasileira em emergências de saúde, meio ambiente e catástrofes.

 

MALHA AÉREA EMERGENCIAL NA REGIÃO SUL

 

A LATAM opera de 10 a 31 de maio de 2024 um total de 126 voos extras entre São Paulo (SP) e os aeroportos de Jaguaruna (SC), Florianópolis (SC) e Caxias do Sul (RS). A medida foi tomada para manter Porto Alegre (RS) e a sua região metropolitana conectada com o restante do Brasil e atendida em suas necessidades de transporte de pessoas e cargas por meio de aeroportos próximos.

 

SUSPENSÃO DE VENDAS EM PORTO ALEGRE

 

Por determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a LATAM suspendeu temporariamente e em caráter emergencial a comercialização de todos os bilhetes que tenham como origem ou destino o Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. O aeroporto está fora de operação devido aos impactos das enchentes no estado e a LATAM comunicará publicamente assim que retomar as vendas de passagens de/para a localidade.

 

FLEXIBILIZAÇÕES E ORIENTAÇÕES PARA O CLIENTE

 

Todos os passageiros da LATAM com voos programados de/para Porto Alegre (POA) até 31 de julho podem alterar a sua viagem sem custos. A companhia solicita que o cliente nestas condições dê preferência para alterar a sua viagem de forma online. Basta acessar diretamente a seção Minhas Viagens do site latam.com. Nesta seção, o cliente pode alterar sem custos a sua passagem originalmente de/para Porto Alegre (POA) para uma nova viagem de/para Caxias do Sul (CXJ), Passo Fundo (PFB), Florianópolis (FLN), Jaguaruna (JJG) ou Navegantes (NVT). Se preferir, pode solicitar o reembolso integral do valor pago pelo bilhete.

 

Já o cliente com viagem programada de/para Caxias do Sul (CXJ) ou Passo Fundo (PFB), deve conferir o Status do Voo antes de se dirigir ao aeroporto de embarque. A operação nesses dois destinos permanece normal até o momento.

Pin It