No dia 25 haverá uma Caminhada Fotográfica em homenagem à Terra da Garoa. O museu também retorna com suas visitas mediadas ao acervo e uma extensa programação cultural

Casa com Jardim projetado por Burle Marx está aberta à visitação. Foto: Divulgação

 

A Casa-Museu Ema Klabin, no Jardim Europa, SP, reabre ao público no próximo dia 22 de janeiro com visitas ao acervo e uma rica programação cultural, depois de passar por um recesso para manutenção e higienização.

 

Antiga residência da colecionadora e mecenas Ema Klabin (25/01/1907 – 27/01 /1994), a Casa foi convertida em espaço cultural com um acervo que abrange mais de três mil anos de história da arte.

 

Na galeria há dois quadros de Frans Post.

Na galeria há , entre outros,  dois quadros de Frans Post. Foto: Divulgação

 

A cada cômodo da Casa inspirada no Palácio de Sanssouci (Alemanha), e projetada por Alfredo Ernesto Becker em meados dos anos 50, o visitante se depara com obras de grandes mestres da arte.  Só para se ter uma ideia, na sala de música há duas obras de Marc Chagall: No Campo (à la Campagne- França – 1925) e Noivos Com Trenó e Galo Vermelho (França, 1957). No quarto de hóspede o quadro de Tarsila do Amaral “Rio de Janeiro” (Brasil, 1923); na sala de jantar obras de Mestre Valentim (Brasil, séc. XIX). No quarto principal um quadro de Cândido Portinari, Galos (Brasil, 1940) e um de Di Cavalcanti, Retrato Feminino (Brasil – 1955). Na galeria dois quadros de Frans Post: Vista de Olinda, (Holanda, 1650) e Igreja de São Cosme e São Damião (Holanda, séc. XVII).

 

No quarto principal, entre outros,  quadros de Cândido Portinari e de Di Cavalcanti. Foto: Divulgação

 

Ao todo, são mais de 1500 itens, entre pinturas, mobiliário de época, peças arqueológicas e decorativas.

 

No Jardim, projetado pelo paisagista Burle Marx, é possível assistir a concertos aos sábados e se deliciar com um passeio em meio à natureza e um lago com carpas.

 

Localizada na Rua Portugal, nº 43, no Jardim Europa, a Casa-Museu abre de quarta a domingo, das 14h às 18h, com entrada franca nos fins de semana e ingresso a 10 reais nos outros dias. As visitas podem ser livres ou mediadas.

 

Na sala de jantar  é possível apreciar obras de Mestre Valentim (Brasil, séc. XIX). Foto: Divulgação

 

Todas as obras da Coleção para acesso online:

 

Quem não mora em São Paulo também pode conhecer as obras e os ambientes da Casa-Museu Ema Klabin. Por meio da ferramenta digital Explore, no site do museu, é possível consultar com acesso gratuito toda a Coleção da Casa-Museu.  Confira: https://emaklabin.org.br/explore/

 

Aniversário de São Paulo:

 

Para comemorar os 466 anos de São Paulo, haverá no dia 25 de janeiro, a partir das 14h30, uma Caminhada Fotográfica pelo bairro do Jardim Europa. A ideia é que os participantes registrem características desse tradicional bairro paulistano pensando sua relação com o desenvolvimento da cidade. É necessário levar uma câmera que pode ser a do celular. São 35 vagas, e a inscrição gratuita está aberta no site.

 

 Serviço:

 

Casa-Museu Ema Klabin - Reabertura:  22 de janeiro

Visitas mediadas à Fundação Ema Klabin - De quarta a domingo, das 14h às 17h, com permanência até às 18h. As visitas duram em média uma hora. Preço: Sábados, domingos e feriados: entrada franca. De quarta a sexta: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). 

Programação especial de Aniversário de São Paulo-  Caminhada fotográfica:   dia 25/02/2020, das 14h30 às 16h30, 35 vagas, gratuita-  Inscrição no site www.emaklabin.org.br 

Livre

EndereçoRua Portugal, 43, Jardim Europa, São Paulo. Telefone (11) 3897-3232

Site: www.emaklabin.org.br     Instagram: @emaklabin