Programação começa no próximo sábado, às 10h, com encontro no Multipalco do Theatro São Pedro para formação da Câmara de Professores

bienal mercosul

Em suas 11 edições, a Bienal do Mercosul realizou 1.283.269 agendamentos escolares, recebendo professores e jovens de diversas regiões. Na foto, visita de alunos durante a última Bienal. Foto: Tuane Eggers

 

Marcada para se realizar em Porto Alegre de 16 de abril a 5 de julho de 2020, a Bienal 12 já terá atividades paralelas na cidade durante o último trimestre deste ano. A Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul inicia nesta semana as ações de seu programa educativo, que busca criar espaços de escuta e de troca entre agentes da educação, com diversas atividades abertas ao público.


 
A primeira ativação do programa educativo ocorre no próximo sábado, dia 14 de setembro, no Multipalco do Theatro São Pedro, visando a construção da Câmara de Professores. O encontro contará com profissionais de escolas, universidades, institutos federais e espaços de educação não-formal, como ONGs e museus. A reunião se inicia às 10h com Igor Simõescurador pedagógico da Bienal 12, apresentando o projeto que pauta as ações da curadoria educativa da próxima edição. Em seguida, às 14h, serão abertas trocas, conversas e a formação da Câmara, que garantirá assento para membros escolhidos entre os presentes. Interessados em participar da atividade podem se inscrever gratuitamente pelo link https://forms.gle/4ca1ZqcYNwTrvHy78.


 
“A Câmara de Professores é o primeiro passo de um conjunto de ações que privilegiam a horizontalidade e miram em uma série de iniciativas que evitem o máximo possível as práticas colonizadoras de instituições de arte em relação aos espaços de ensino. Nosso objetivo é a busca de um programa educativo que se conforme como uma arena de múltiplas vozes, e que possa privilegiar a experiência de professoras e professores das diferentes instituições de ensino. Nosso tempo é o tempo da necessária escuta, e a Câmara será uma espécie de conselheira da curadoria educativa da próxima edição da Bienal”, explica Simões.


 
O programa educativo da Bienal 12 também prevê, para outubro e novembro deste ano, uma série de mesas-redondas e rodas de conversa para debater diferentes assuntos e construir novos aprendizados sobre temas que envolvem arte e educação. A programação completa desses encontros será divulgada em breve.


 
A mostra de arte contemporânea será realizada em Porto Alegre de 16 de abril a 5 de julho de 2020, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul, no Memorial do Rio Grande do Sul, na Praça da Alfândega, no Centro Histórico-Cultural Santa Casa e na Fundação Iberê Camargo. A curadora, escritora, professora e pesquisadora argentina Andrea Giunta é a curadora-chefe da Bienal 12, que vai explorar como tema a relação entre arte, feminismos e emancipação.


 
A Bienal 12 tem patrocínio do Santander, copatrocínio do Banrisul, apoio de Unimed e Unicred, apoio institucional de Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do SulMemorial do RSMARGSUERGSCHC Santa Casa e Fundação Iberê Camargo, realização do programa educativo pela Fecomércio / SESC RS e realização da Lei Federal de Incentivo à Cultura.
 
 
 
 
SERVIÇO
Câmara de Professores
Dia 14 de setembro, sábado

Das 10h às 12h – Igor Simões, curador pedagógico da Bienal do Mercosul, apresenta o projeto
Das 14h às 16h – Formação da Câmara de Professores
Sala da Música do Multipalco do Teatro São Pedro
Praça Mal. Deodoro – Centro Histórico – Porto Alegre/ RS
Entrada franca mediante inscrição prévia no link https://forms.gle/4ca1ZqcYNwTrvHy78
 
Patrocínio: Santander
Copatrocínio: Banrisul
Apoio: Unimed e Unicred
Apoio institucional: Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul, Memorial do RS, MARGS, UERGS, CHC Santa Casa e Fundação Iberê Camargo
Realização do programa educativo: Fecomércio / SESC RS
Realização: Lei Federal de Incentivo à Cultura