1118 massas vbrunholli

O rodízio de massas do Villa Brunholi acontece nas noites de sextas-feiras. Foto: Divulgação

 

No rodízio de massas do complexo turístico e gastronômico Villa Brunholi, as receitas da nonna são servidas sem moderação, para que os visitantes possam apreciar um menu farto de sabores da Itália, reunidos em um dos endereços mais tradicionais de Jundiaí. O restaurante fica a apenas 40 minutos da capital e oferece mais de dez tipos de massas frescas e o rodízio acontece toda sexta a partir das 19h. Mas, para quem gosta de sair da rotina e experimentar pratos diversos, o cardápio, além de ser recheado de sabores, muda semanalmente. É uma ótima opção gastronômica para esse feriado.

 

As massas geralmente são bem democráticas e agradam do paladar mais simples ao refinado. Paulo Brunholi, CEO do complexo turístico e gastronômico Villa Brunholi, disse que às sextas-feiras, o fluxo de pessoas aumenta muito e que cada vez mais comparecem pessoas de outras cidades. “Costumo conversar com as pessoas que frequentam o restaurante, sempre pergunto de onde elas são e é comum pessoas de cidades como Vinhedo, Campinas e São Paulo. Às vezes fico surpreso com o sucesso que as receitas da nonna faz”, destaca, Brunholi.

 

Além da diversidade de massas, as entradas também são variadas, para todos os gostos, desde a saladinha até o tradicional frango com polenta. Tudo servido à vontade pelo preço de R$ 57,90. Crianças de até cinco anos não pagam e de seis anos até 11, pagam meia.

 

O interessante do rodízio ser as sextas feiras, é a possibilidade de prolongar o passeio para o fim de semana, “ O complexo turístico Villa Brunholi, também faz parte da Rota da Uva. O legal é aproveitar o rodízio e conhecer os pontos do roteiro turístico no sábado. Há boas opções de hotéis ótimos com valores atrativos”, finaliza.

 

O restaurante está localizado na avenida Humberto Cereser, 5900, Caxambu - Jundiaí.

 

Mais sobre o Villa Brunholi 

 

O Villa Brunholi é um complexo turístico formado por adega, minifazenda, brinquedoteca, restaurante e museu do vinho. A história do espaço começou em 1897, quando Antônio e Emma Brunholi chegaram da Itália e compraram uma propriedade no bairro de Caxambu em Jundiaí.

 

O lugar, que passou por muitas transformações desde então, também faz parte do desenvolvimento do turismo rural e do agronegócio. O espaço, além de ser uma opção para os turistas, faz a produção de vinhos de mesa, massas, licores, vinagre e caipirinha que leva o nome da família na marca.