A capital paulista tem a oitava rua mais luxuosa do mundo, a Rua Oscar Freire, cujo trecho entre as Ruas Melo Alves e Padre João Manuel abriga muitas das grifes mais badaladas do planeta. A Oscar Freire, como é conhecida, possui aquele ar glamouroso da 5ª Avenida em Nova York, da Rodeo Drive em Bervely Hills, da Via Monte Napoleone em Milão e da Bond Street em Londres. Ela que já se chamou Rua São José e Alameda Iguape, está localizada na divisa de dois bairros da capital paulista: o Jardim América e o Jardim Paulista e está muito próxima da Avenida Paulista, o centro financeiro de São Paulo. O nome veio em 1923, em uma homenagem feita ao médico baiano Oscar Freire de Carvalho.

 

Quem adentra a rua pela primeira vez, logo de cara se depara com um visual diferente, não há fios de alta tensão, uma vez que os cabos de energia são subterrâneos. As calçadas foram alargadas, após uma reforma bancada pelos próprios comerciantes em 2006, bancos e sinalização de primeira foram instalados nela. Além disso, o piso é tátil, possui alto-relevo, que permite ao deficiente visual se situar e saber se a esquina está próxima.

 

Gastronomia, estética, artes e artigos para presente finos, se fazem presentes na rua. Hoje, a Oscar Freire é sinônimo de sofisticação, nela podemos encontrar também o renomado Hotel Emiliano que foi o precursor dos pequenos hotéis de luxo em São Paulo.

 

Na Oscar você encontra as maiores grifes tradicionais de roupas, calçados, acessórios e jóias, lado a lado. Devido ao sucesso da rua e à falta de espaço na mesma para a construção de novas lojas, outras importantes marcas do cenário nacional e internacional, instalaram-se nas adjacências.