Competição já atrai atletas de elite e movimenta a economia da cidade

 

Localizada a poucas horas da capital paulista, Ouro Fino, cidade do sul de Minas Gerais, vem vivendo uma verdadeira relação de amor com as “bikes”. Com belíssimas paisagens e uma natureza preservada com cachoeiras, riachos, e rotas com níveis de dificuldade, o município que sedia um dos mais expressivos campeonatos de Mountain Bike do país, o “Ouro Biker”, tem investido no esporte, atraído competidores de elite e colocado sua população para pedalar.

 

Não é incomum em qualquer lugar da cidade avistar uma quantidade considerável de ciclistas, principalmente nos finais de semana, são amadores, profissionais dos mais diversos níveis, e pessoas que encontraram na bicicleta uma forma de sair do sedentarismo, melhorar a saúde e a qualidade de vida.

 

Mountain Bike (MTB) tem sido a modalidade que mais tem atraído o público, e não é por acaso, além da paisagem propícia para a prática, o Ouro Biker, campeonato que neste ano deve reunir mais de 1.500 participantes, mudou a relação da cidade com esporte e colocou Ouro Fino na rota dos melhores lugares para se praticar ciclismo. O evento deste ano vai entrar para a lista das maiores provas do Brasil devido a estrutura e o percurso que vamos oferecer aos atletas – Explica Nathan Mesquita, organizador e fundador da Ouro Biker – A prova será federada, valendo pontos para os atletas profissionais. Vamos aproveitar toda esta estrutura para fazer 3 dias de festa, no primeiro dia teremos shows, palestras com profissionais da área do ciclismo, a entrega dos kits e a abertura da praça de alimentação. No segundo dia será realizado o torneio kids com crianças de 05 a 12 anos, que poderão sentir o gosto de competir, de cruzar a linha de chegada, e receber uma medalha. No terceiro dia será a grande prova com três modalidades, e desafio técnico elevado: a Pró com 85 km, a Sport com 60 km e a Turismo com 35 km.

 

O campeonato chega maduro em sua terceira edição, e tem como objetivo não só promover o esporte competitivo, mas também popularizá-lo de forma a integrar toda a família e todo tipo de participante. Com uma expectativa de público que deve superar 20 mil pessoas, o evento acontecerá nos dias 10, 11 e 12 de dezembro de 2021.

 

 

Recentemente Ouro Fino anunciou o investimento de R$ 16 milhões no turismo, e parte deste aporte deverá contemplar os amantes do ciclismo, além de outras modalidades esportivas e religiosas. ““Destaco a construção de um hotel fazenda no bairro Caneleiras, e também de um complexo turístico com lagos e restaurantes no distrito de São José do Mato Dentro” – Conta Cicero Braga, chefe do Departamento de Patrimônio - “A cidade investirá na instalação de novas placas de sinalização e outdoors para a orientação dos pontos turísticos, em eventos culturais como shows e exposições, futebol, rafting e canoagem, na criação de 20 km de trilha destinada ao turismo religioso, além da construção de um portal e quiosques que serão instalados na Cachoeira do Taboão. Está também nos planos da prefeitura, a construção de um dec elevado entre o terceiro e quarto lago, que contará com quiosques, stand up padle, tirolesa, pedalinho, arborismo e trilhas, além de uma mini cervejaria. Boa parte dessas novidades estará disponível para os visitantes até fevereiro de 2022”- Finaliza Braga.

 

Ouro Fino fica a apenas 3 horas da capital paulista, e é uma das mais belas cidades do sul de Minas Gerais. Tranquila e com apenas 30 mil habitantes, o município ficou famoso como a cidade do Menino da Porteira. Repleta de montanhas e matas preservadas, possui diversos atrativos ligados ao turismo ecológico e de esportes de aventura como canoagem, cavalgada, motocross, off-road, paraglider, pesca, trekking e trilhas de bike. É parte integrante do Caminho da Fé, um roteiro que liga a cidade de Águas da Prata, em SP, a Aparecida do Norte, uma versão brasileira do Caminho de Santiago de Compostela.

 

 

Pin It