shake 0705

Foto: VisitBritain

 

De grandes palácios frequentados pela rainha Elizabeth I à casa de William Shakespeare, lembranças da era elizabetana ainda podem ser encontradas em toda a Inglaterra hoje. Uma amostra desse período, de 400 anos atrás, continua viva na rica arquitetura, nas coleções de arte e nos jardins. Prepare-se para uma viagem no tempo!

 

Day 1 of 4

Teatro e monarcas em Londres

Assista a uma peça de Shakespeare

location icon Shakespeare's Globe

 

Ainda é possível ter um gostinho da vida elisabetana em Londres com uma visita ao Shakespeare’s Globe, um teatro ao ar livre reconstruído às margens do Tâmisa, baseado no teatro original do século 16, que pertencia a Shakespeare. Após assitir a uma peça ou fazer uma visita guiada, siga para o pub George Inn. Com uma história que remonta a 1543, diz-se que o próprio Shakespeare costumava beber no local. Reconstruído na década de 1670 após o Grande Incêndio de Londres, hoje este local histórico é a última estalagem com galerias remanescente em Londres.Para mais lugares ligados a Shakespeare em Londres, o Shakespeare’s London Tour é uma caminhada guiada gratuita que passa por marcos como a Catedral de Southwark, o local do Rose Theatre e a Igreja de Santa Helena, em Bishopsgate, próxima da residência de Shakespeare em Londres .

 

Veja a grandeza elisabetana

location icon Hatfield House

 

Hatfield House, Hatfield, England, stately home in Hertfordshire.

Foto: © Hatfield House

 

Outra opção é seguir 34 km ao norte de Londres para absorver a história elisabetana na Hatfield House Old Palace e Hatfield House. O palácio não foi apenas a amada casa de infância da rainha Elizabeth I, mas também onde ela foi informada de sua ascensão ao trono. Construído por volta de 1485, ele ainda ostenta um grande salão de banquetes com requintadas vigas de teto alto, bem como jardins formais românticos. A segunda Hatfield House, mais nova, foi concluída em 1611 e é outra joia histórica da Inglaterra. Os destaques incluem a Long Gallery, que agora exibe meias, chapéu e luvas da rainha Elizabeth I, ao lado do Retrato do Arco-íris, uma das pinturas Tudor mais coloridas encontradas na Grã-Bretanha.

 

Day 2 of 4

Castelos e jardins no sudeste inglês

A família de Ana Bolena

location iconCastelo e Jardins de Hever

 

Hever Castle near Edenbridge in Kent is a historic tourist attraction, Anne Boleyn's childhood home, founded in the 13th century and updated in the 20th century.

Foto: © VisitBritain/Pete Seaward

 

Se você é fã de jardinagem, conheça a casa da família de Ana Bolena, mãe da Rainha Elizabeth, no Castelo e Jardins de Hever. Localizado no sudeste da Inglaterra, em Kent, este castelo de fosso duplo remonta a 1270, e seus quartos com painéis abrigam uma coleção espetacular de retratos e tapeçarias Tudor, além dos aposentos de Ana Bolena e do rei Henrique VIII. Igualmente grandioso é o jardim de 125 acres, que abriga um gigantesco jogo de xadrez topiário, um lago de 38 acres e um labirinto aquático, bem como um vasto jardim de rosas inglês repleto de mais de 4.000 roseiras.

 

Uma cápsula do tempo elisabetano

location iconLoseley Park

 

Outro favorito para uma lista de desejos elisabetanos é Loseley Park, uma casa de campo de meados do século 16 projetada por Sir William More, sob o comando da Rainha Elizabeth I. Situada a 64 quilômetros do centro de Londres, esta mansão espetacular é uma cápsula do tempo da história britânica, com salas opulentas cheias de artefatos, incluindo a cadeira da coroação de Jorge IV e almofadas supostamente bordadas pela própria rainha Elizabeth I. Repleto de móveis exuberantes e retratos de família que abrangem séculos, ele continua sendo uma casa viva até hoje e pode ser explorado como parte de uma visita guiada. A sensação de majestade continua em todo o jardim botânico, com destaques incluindo um deslumbrante jardim branco, uma horta orgânica e uma amoreira supostamente plantada pela rainha Elizabeth I. Se você é fã da série The Crown da Netflix, reconhecerá Loseley como a locação da casa de Lord Mountbatten.

 

Day 3 of 4

Palácios históricos

Uma amostra da vida no século 16

location iconLongleat

 

East Lodge with Longleat House in the background, Longleat, Wiltshire, England.

Foto: © Longleat

 

Movendo-se para o sudoeste da Inglaterra, Longleat House oferece outro vislumbre da vida elizabetana. Esta grande mansão pertenceu a Sir Thomas Thynne, cujo casamento secreto com Maria Touchet, que fazia parte de uma família rival, teria inspirado Romeu e Julieta de William Shakespeare. Ao longo dos 15 quartos majestosos, você pode ver obras de arte e tapeçaria centenárias. Lá fora, você terá a chance de refazer os passos históricos nos jardins formais e de lazer, todos emoldurados por jardins paisagísticos projetados pelo famoso paisagista Lancelot ‘Capability’ Brown.Longe das dramáticas histórias de amor elisabetano, o Longleat moderno é conhecido por ser um dos melhores parques de safári da Grã-Bretanha, com opções de drive-through e ônibus safári disponíveis. Aqui, você poderá ver macacos, lobos, tigres e um elefante resgatado - entre muitas outras espécies - vagando pela propriedade.

 

Vilarejo histórico e tradicional

location icon Devizes

 

A cidade mercantil Devizes fica a uma curta distância de Longleat, em Wiltshire. O local abriga mais de 500 construções listadas como patrimônio histórico, incluindo uma rua de paralelepípedos ladeada por casas e lojas de madeira, rota pra uma igreja normanda. A tradição também vive por meio da Cervejaria Wadworth, que continua a entregar suas cervejas pela cidade em carroças puxadas por cavalos semanalmente. E como comprinhas nunca podem faltar, você pode viver essa experiência como compradores faziam no século 12: visitando o mercado ao ar livre da cidade. Além do evento principal de quinta-feira, há diferentes mercados realizados a cada dia durante a semana, incluindo um mercado de agricultores, mercado de antiguidades e feiras de artesanato independentes.

 

Day 4 of 4

A terra natal de William ShakespeareStratford-upon-Avon

location icon Stratford-upon-Avon

 

Anne Hathaway's Cottage and Gardens. Exterior view of a thatched cottage and gardens where Anne Hathaway, wife of William Shakespeare, lived as child. Farmhouse with thatched roof. Pathway going through garden. Managed by Shakespeare Birthplace Trust. Tra

Foto: © VisitBritain/LeeBeel

 

Um roteiro elisabetano não estaria completo sem uma visita ao que chamamos "coração do país de Shakespeare", Stratford-upon-Avon. Na cidade natal do Bardo é possível visitar a casa onde ele nasceu, hoje transformada em museu, e ver o 'primeiro fólio' publicado em 1623. Você também pode visitar o New Place de Shakespeare, um jardim comemorativo repleto de arte, erguido sobre as fundações de sua última casa de família, onde também escreveu muitas de suas peças.Outro ponto essencial de Stratford-upon-Avon é o chalé de Anne Hathaway, esposa de Shakespeare, preservada como uma autêntica cottage antiga do interior inglês. Já a Hall’s Croft foi a casa de sua filha Susanna, outro exemplo brilhante da arquitetura elisabetana, com seu telhado de palha e vigas tradicionais. Para fechar o programa shakespeariano, assista a uma peça no moderno Royal Shakespeare Theatre

 

Um palácio para impressionar

location icon Castelo de Kenilworth

 

Kenilworth Castle in Warwickshire. Castle ruins of a Norman fortress and Elizabethan palace.

Foto: © Kenilworth Castle/English Heritage

 

Estenda a jornada até o Kenilworth Castle, uma fortaleza medieval situada a apenas 20 minutos de carro da casa de Shakespeare. Outrora um centro da grandeza elisabetana, o castelo pertenceu ao pretendente da rainha, Robert Dudley, o primeiro conde de Leicester, que gastou fortunas em novos edifícios para impressionar a monarca. Essa extravagância ainda pode ser vista hoje, tanto nas ruínas ornamentadas quanto na opulência do majestoso jardim de estilo elisabetano. 

 

Recomendamos que você sempre verifique os sites das atrações individuais para obter as informações mais recentes, pois eventos e detalhes estão sujeitos a alterações.

 

Fonte: VisitBritain