Rye. Foto: ©VisitBritain/Moumita Paul

 

Os muitos vilarejos charmosos da Grã-Bretanha oferecem a chance de reconstituir centenas de anos de história e herança - um passado que pode ser absorvido por passeios à beira do rio, chás da tarde indulgentes ou pints de cerveja local em um pub tradicional. estão apenas algumas das mais belas aldeias da Grã-Bretanha para você sonhar em visitar.

 

Rye, East Sussex

 

Rye é uma cidade portuária medieval, lindamente preservada e popular entre escritores, artistas e turistas. Há muitas histórias a se descobrir, uma delas na pitoresca rua de paralelepípedos Mermaid Street, onde fica o Mermaid Inn, um antigo ponto de encontro de contrabandistas.

 

Rye é um ótimo lugar para experimentar a comida tradicional inglesa, seja em um almoço em um pub histórico, um fish and chips no cais ou nos muitos restaurantes e cafés característicos da cidade. Não deixe de conhecer a torre da Igreja de Santa Maria, de 900 anos, e desfrutar das vistas espetaculares sobre os telhados da cidade.

 

Ripley, Surrey

 

Rock Garden at RHS Wisley at sunset, Surrey, England

Foto: © RHS

 

Com a histórica rua principal do século XV, Ripley é um dos vilarejos adoráveis da Grã-Bretanha. A apenas 40 minutos do oeste de Londres, Ripley oferece uma amostra do interior inglês. Visite durante o Farmers’ Market, quando os produtos cultivados localmente, as iguarias caseiras e o artesanato estão em oferta. Conheça o The Talbot, uma antiga estalagem transformada em restaurante, ideal para saborear um tradicional chá da tarde. Outras atrações em Ripley incluem o belo jardim RHS Garden Wisley, repleto de encantos da horticultura, e as ruínas de uma abadia agostiniana em Newark Priory. Embora não  acessível ao público, a Abadia pode ser vista durante uma caminhada tranquila pelas margens do rio Wey. Ripley é também o lar do renomado estúdio de gravação de Paul Weller, que recebeu artistas como The Who.

 

Widecombe-in-the-Moor, Dartmoor

 

Old cottages in Ponsworthy Village, close to Widecombe-in-the-Moor.

© VisitBritain/ David Clapp

 

Com a torre da igreja medieval situada em um cenário repleto de colinas ao sul de Devon, Widecome in the Moor é um vilarejo rural com muito charme. A vila conta com cafeterias repletas de personalidade, mercados locais e dois dos pubs pitorescos. Tanto o The Old Inn quanto o Rugglestone Inn oferecem lareiras aconchegantes, comida caseira saudável e cervejas de verdade. A região conta com uma série de cottages, casinhas típicas ao estilo britânico, que servem de hospedagem para os visitantes.A menos de 16 quilômetros de Widecome-in-the-Moor, você pode embarcar em um trem antigo na ferrovia South Devon Railway. Com carruagens restauradas dos anos 1930 e 1960, a rota segue o antigo caminho de Great Western, entre Buckfastleigh e Totnes Riverside, com a paisagem deslumbrante da área pronta para ser admirada ao longo do trajeto.

 

St Fagans, Cardiff

 

Museu St Fagans, Cardiff, País de Gales

Foto: © VisitBritain

 

Deseja saber como era a vida em um vilarejo antigo no País de Gales? Inclua o St Fagans National Museum of History em sua lista. Na carismática vila de St Fagans, a 20 minutos do centro de Cardiff, este museu gratuito reúne mais de quarenta construções do rico passado do País de Gales, de casas redondas da Idade do Ferro a fazendas e moinhos restaurados do século XVII – todos abertos para visitação. Os destaques incluem a esplêndida mansão elisabetana do Castelo de St Fagans, antigas cottages de barro e dois moinhos operantes – um produzindo farinha e outro sendo uma pequena fábrica de lã.

 

Baía de Robin Hood, North Yorkshire

 

Birds eye view of the village and Robin Hoods Bay, North Yorkshire, England

Foto: © VisitBritain/James Snook

 

Situada ao longo de North Yorkshire e da Costa de Cleveland, no Parque Nacional de North York Moors, a Robin Hood's Bay é uma pitoresca vila de pescadores com características rurais. Ruas sinuosas de paralelepípedos, fileiras de casas tradicionais, becos que levam a pubs aconchegantes e uma praia serena... Robin Hood's Bay é uma das jóias de Yorkshire.Para uma caminhada com paisagem cênica ao seu redor, faça uma parte do Caminho Nacional de Cleveland, partindo da Baía de Robin Hood até a cidade histórica de Whitby. Lar da Abadia de Whitby, um porto tradicional e um labirinto de ruas de paralelepípedos, esta cidade cativante à beira-mar serviu de inspiração para o romance clássico de Bram Stoker, Dracula.

 

Castle Combe, Cotswolds

 

Traditional Cotswold stone houses in the village of Castle Combe on the village high street.

Foto: © VisitBritain/ Adam Burton

 

Com vários cottages de pedra centenários, pubs rurais e um belo rio que atravessa o centro da cidade, é fácil entender por que Castle Combe é frequentemente chamada de uma das vilas mais bonitas da Inglaterra. Caminhe por entre as casas em tons dourados, veja a famosa Cottage de Weaver, onde o famoso tecido xadrez vermelho e branco da região começou a ser produzido no século XV, e encante-se com o Market Cross, um ponto focal que marca a praça do vilarejo.Planejando explorar um pouco mais? Este vilarejo fica a pouco mais de 40 quilômetros do famoso monumento pré-histórico de Stonehenge.

 

Culross, Edimburgo

 

Culross Palace and Gardens in the Royal Burgh of Culross, Scotland

Foto: © VisitScotland / Kenny Lam

 

Quer viajar no tempo para a Escócia do século XVII? Planeje uma viagem para o colorido vilarejo de Culross, a menos de 50 quilômetros de Edimburgo. O antigo bairro é repleto de casas e telhados em tons vermelhos do século XVII e ruas estreitas compostas de paralelepípedos, mas o tesouro do local é o Palácio de Culross. O palácio que também já fora a casa de um comerciante, te faz viajar no tempo para o final dos anos 1.600 e dispões de quartos, teto restaurado e jardins históricos. Fãs da série Outlander não terão dúvidas ao reconhecer as ruas pitorescas, já que a vila de Culross tem sido bastante utilizada como local de filmagem da série. Descubra mais das belezas naturais ao longo da rota de 124 quilômetros da Costa Fife, uma jornada repleta de beleza que pode ser feita por estrada ou a pé. A rota passa pela vila de Culross, bem como por locais imperdíveis à beira-mar, incluindo o Castelo de Aberdour, o Museu Scottish Fisheries e a destilaria de Kingsbarns, tudo no caminho para a Tay Road Bridge, que cruza a cidade de Dundee.

 

Recomendamos que você sempre verifique os sites das atrações individuais para obter as informações mais recentes, pois eventos e detalhes estão sujeitos a alterações.

 

Fonte: VisitBritain