Exterior shot of the Walker Art Gallery in Liverpool.

Foto: VisitBritain

 

As inúmeras galerias de arte da Grã-Bretanha estão prontas para o retorno de exposições inspiradoras e inovadoras no restante de 2020. De nomes mundialmente famosos como J.M.W. Turner e Andy Warhol até artistas locais fascinantes que mostram seus trabalhos por todo o país, a cena artística da Grã-Bretanha tem muitos shows incríveis para assistir antes do fim do ano.

 

Londres: Turner, Warhol e Emin

 

Os visitantes de Londres podem mergulhar no mundo da arte da era romântica, com J.M.W. Turner. Descubra suas pinturas que definem a nova era Industrial em Turner’s Modern World, na Tate Britain, em exibição a partir de 28 de outubro de 2020. O outono na galeria principal de Pimlico também receberá a artista britânica Lynette Yiadom-Boakye exibindo seus 80 retratos enigmáticos, a partir de 18 de novembro.

 

Os fãs de arte moderna podem assistir ao lendário trabalho de Andy Warhol no Tate Modern até 15 de novembro de 2020. Seu nome é sinônimo de Pop Art, descubra como ele balançou o mundo da arte em um cenário de mudanças sociais do século XX.

 

Um destaque do outono também inclui Renaissance Watercolours, destacando o papel central que algumas pinturas desempenharam no detalhamento do mundo natural. Com inauguração em novembro de 2020, as datas exatas ainda não foram confirmadas.

 

Pela primeira vez, em seus 252 anos de história, a Royal Academy of Art’s Summer Exhibition foi transferida para o outono. A famosa celebração da arte exibe obras de nomes conhecidos, além de talentos emergentes, e pode ser vista até 3 de janeiro de 2021, com ingressos já à venda ao público.

 

A Royal Academy apresentará Tracey Emin/Edvard Munch: The Loneliness of the Soul. Com estreia em 15 de novembro de 2020, levará os fãs de arte por uma jornada através do trabalho de Emin e revelará sua conexão com a paixão ao longo da vida pelas obras de Edvard Munch.

 

Por toda a Grã-Bretanha: Moore, Surrealismo e Art Déco litorânea

 

Inglaterra

 

O novo centro multidisciplinar de artes e patrimônio de Plymouth, The Box, foi inaugurado no final de setembro de 2020. A maior galeria gratuita da Grã-Bretanha, apresenta a exposição pioneira Mayflower 400: Legend & Legacy. Criado em parceria com o Wampanoag Advisory Committee, comemora 400 anos desde sua primeira viagem do Mayflower de Plymouth para a América, em 1620.

 

No nordeste da Inglaterra, a Laing Art Gallery de Newcastle contará com uma exposição que explora os laços estreitos entre arte e cultura, na exposição Art Deco by the Sea, que teve sua estreia em 17 de outubro de 2020. A exposição investiga a relação entre o movimento art déco e a cultura litorânea britânica durante as décadas de 1920 e 1930.

 

Escócia e País de Gales

 

A primeira grande exposição da artista de Glasgow, Katie Paterson, na Escócia, que iluminará a Galeria Nacional de Arte Moderna da Escócia, em Edimburgo até janeiro de 2021.

 

O País de Gales está organizando um revival artístico na Oriel Davies Gallery, em Newtown, exibindo Melvyn Evans: Imprinting the Landscape, uma coleção de um dos melhores printmakers da Grã-Bretanha, até o final de novembro.

 

Diferentes atrações terão medidas variadas em vigor, que podem incluir sistemas específicos e horários estritamente pré-reservados. Os visitantes são incentivados a verificar todos os sites de locais, atrações e eventos antes de viajar, para que possam explorar a Grã-Bretanha com confiança.

 

Fonte: VisitBritain