View over the Needles, a series of chalk sea stacks reaching out in to the sea at Alum bay. A man standing on the cliffs.

Ilha de Wight. Foto: VisitBritain

 

Situada a apenas 3 quilômetros da costa sul da Inglaterra, e com pouco mais de 35 quilômetros de extensão, a Ilha de Wight proporciona os prazeres da vida tranquila na ilha, a poucos passos do movimentado continente.

 

Com sua costa arenosa e pitoresca, paisagens repletas de beleza natural, locais históricos e uma variedade incrível de festivais, a ilha tem todas as características necessárias para se fazer uma pausa memorável durante um feriado prolongado, ou até mesmo, quem sabe, uma estadia mais longa durante o ano. E não há exceções durante o outono, aqui, apresentamos a Ilha de Wight incluindo detalhes de como chegar lá, onde se hospedar e as melhores formas de se viajar pela ilha.

 

Tradições à beira-mar e praias arenosas

 

Devido ao seu tamanho e localização, a Ilha de Wight está repleta de praias arenosas. Com areias que se estendem por quilômetros, Sandown é o cenário perfeito para os que desejam ter uma experiência completamente britânica na praia. Para os surfistas iniciantes, podem testar suas habilidades ao surfar nas renomadas ondas da praia, ou explorar o píer da região com seu campo de golfe peculiar e saborear uma deliciosa porção de ‘fish and chips’.

 

Localizada logo abaixo de uma vila repleta de lojas charmosas com telhadinhos de palha, a praia de Shanklin é um ótimo local para relaxar em uma cadeira de praia admirando as tendas da praia com vista para a costa. À beira-mar, você pode encontrar o charmoso pub Fisherman’s Cottage Inn, herdeiro de um passado que remonta mais de dois séculos. Indo em direção à oeste da ilha, os apaixonados por praia podem sonhar em explorar a Baía de Compton. Além de ser um local muito bonito, a praia é ótima para a caça de fósseis e para a prática de surfe, localizada há apenas alguns passos de onde aconteceu o famoso Festival da Ilha de Wight de 1970, evento que hospedou estrelas como Jimi Hendrix e Miles Davis. Também no oeste, está a pequena, porém familiar Colwell Bay – local costeiro, porém tranquilo, perfeito para um mergulho refrescante.

 

Em seguida, ao longo de seu passeio pela praia da Ilha de Wight, está Ventnor, o ponto litorâneo localizado mais ao sul da ilha, que possui praias, tendas ao estilo vintage e um quiosque tradicional, tudo situado sob uma pitoresca cidade vitoriana. O pequeno píer da região chamado Haven é um local crucial para os pescadores; servindo peixe fresco local com batatas fritas bem quentes, enquanto a cidade acolhe uma imensa variedade de lojas boêmias peculiares e um Jardim Botânico tropical.

 

Conhecida como a praia mais pitoresca da Ilha de Wight, Alum Bay é um local onde areia multicolorida e mar azul topázio são moldados por rochas de calcário branco, conhecidas como The Needles – um local incrível para ser adicionado à sua lista para explorar o litoral da Grã-Bretanha.

 

Maravilhas naturais e costa litorânea

 

Um conjunto de rochedos de calcário 30 metros acima do mar, The Needles são uma maravilha natural, muito apreciada por visitantes, moradores e fotógrafos. Os mais ousados, podem ainda desfrutar de paisagens deslumbrantes do alto a bordo do famoso teleférico, que sobe por mais de 50 metros acima da praia. Tendo reaberto em 16 de julho de 2020, com os requerimentos do selo ‘We’re Good To Go’ (Estamos Prontos) do VisitBritain, a atração histórica The Needles merece um lugar especial no seu itinerário em busca por boas paisagens panorâmicas.

 

Os viajantes mais bem-dispostos, também podem sonhar em caminhar ou pedalar ao longo do caminho costeiro com 109 quilômetros, que circunda toda a ilha. Esse impressionante caminho está repleto de cores no outono, e inclui paisagens cênicas, falésias e praias ao longo do caminho, proporcionando ampla oportunidade para relaxar ou aproveitar um piquenique.

 

Castelos charmosos e Residências Reais

 

Caminhe através da história, desfrutando de um dia divertido em família. A Ilha de Wight tem atrações para todos – embora os visitantes sejam aconselhados a reservar com antecedência suas visitas, além de se informar sobre quaisquer precauções extras necessárias.

 

Planeje fazer uma visita na Residência Osborne, a casa de férias da Rainha Victória e do Príncipe Albert, para passear por seus belos jardins majestosos. Os destaques incluem um jardim murado, terraços elegantes com vistas espetaculares e a chance de avistar o Swiss Cottage, um retiro que era utilizado pelos filhos do casal Real.

 

No passado, já fora uma prisão monarca, fortaleza e grande residência real – o Castelo de Carisbrooke é uma jóia histórica. Com partes do castelo que datam quase 1.000 anos, os fãs de história podem sonhar em deslumbrar vistas panorâmicas das paredes do castelo e passear ao longo de seu autêntico canal, antes de descobrir onde o Rei Charles I foi mantido durante sua prisão – incluindo seu campo de boliche pessoal. Os amantes dos animais também vão adorar a chance de conhecer os animais residentes da fortaleza! O Castelo de Carisbrooke já está aberto, mas fazer a pré-reserva da sua visita é essencial.

 

Diversão para toda a família

 

Reaberto em 25 de julho de 2020 com os requerimentos do selo ‘We’re Good To Go’ (Estamos Prontos), O Parque Robin Hill oferece 88 acres de bosque, floresta e área verde, com aventuras em cada cantinho. As famílias podem esperar por um dia cheio de ação em sua caminhada pelas copas das árvores e tobogãs. Outra atração para toda a família que foi reaberta na mesma data, foi Blackgang Chine – o parque temático mais antigo do Reino Unido. Repleto de passeios e atrações com variados temas, além da vista para o mar, há muito o que fazer para despertar a imaginação para todas as idades! Como alternativa, as famílias que desejam um dia de diversão durante o outono, podem organizar uma viagem à Fazenda Tapnell Park, que inclui uma pista de corrida de kart com fardos de feno, entre uma série de atividades. O local já está aberto, mas fazer a pré-reserva de sua visita é essencial.

 

Festivais de música, comida e caminhadas

 

A Ilha de Wight ganhou sua reputação de ser uma ilha para festivais em 1969, quando o histórico Festival da Ilha de Wight recebeu grandes nomes como Bob Dylan e membros do Beatles, para tocar para um público de 150.000 pessoas. O festival da ilha continua sendo uma data importante no calendário dos fãs de música em todo o mundo, com a próxima data marcada para 17-20 de junho de 2021.

 

Wight Proms é um festival ao ar livre de cabaré ao vivo, música clássica e comédia, que acontece na Northwood House, perto de Cowes. Programado para acontecer de 21 a 23 de agosto de 2020, oferece uma deliciosa mistura de entretenimento.

 

Os amantes do outono podem aproveitar o Festival Anual de Caminhada da Ilha de Wight, programado para acontecer em outubro de 2020. Os interessados podem planejar participar da Corrida Ao Redor da Ilha que deve acontecer agora em setembro de 2020, enquanto os turistas podem simplesmente relaxar apreciando a vista dos iates adornando as águas litorâneas de um azul profundo.

 

Outra celebração peculiar da região, é o Festival do Alho da Ilha de Wight, que deve retornar com um forte aroma em agosto de 2021. O festival proporciona a oportunidade para os amantes de gastronomia gourmet celebrarem a comida cultivada localmente, ao lado de música ao vivo, apresentações de chefs famosos e uma série de atividades infantis.

 

Informação Prática

 

Chegando na Ilha

 

Assim como todas as trilhas para caminhada e ciclismo, os aventureiros podem explorar a região de muitas outras formas. Além da chegada via carro, a ilha oferece uma vasta gama de conexões importantes de ônibus e trem, ideais para quem busca uma dose de atenção em uma ‘viagem lenta’. Para aqueles que desejam encontrar uma forma completamente livre de estresse para viajar pela ilha, por que não embarcar em uma excursão guiada sazonal? Estas podem ser temáticas por um dia ou mais, quer os viajantes estejam procurando descobrir novos horizontes panorâmicos, história marítima e sobre a Realeza, naufrágios, dinossauros, ou até mesmo uma extravagância gastronômica local!

 

Como chegar

 

Seja começando uma aventura na Ilha de Wight de trem ou de balsa, há muitas formas de se chegar até a ilha. Partindo de Londres, há serviços regulares de trem da estação Waterloo para Southampton e Portsmouth Southsea, com a viagem levando menos de duas horas.  A partir desse ponto, os visitantes podem optar por pegar uma balsa, que pode demorar até 23 minutos no serviço de Red Funnel, saindo de Southampton, Portsmouth ou Lymington. Como alternativa, aqueles que desejam um pouco mais de adrenalina, podem viajar para a Ilha de Wight de aerobarco.

 

Onde se hospedar

 

De hotéis luxuosos à chalés pitorescos tradicionais, a Ilha de Wight oferece uma variedade de lugares para ficar. Você pode seguir para o conselho turístico oficial da Ilha de Wight para obter uma lista completa de lugares onde os visitantes podem descansar. Aqueles que desejam se conectar com a natureza em sua aventura pela ilha, podem planejar uma estadia em uma das muitas opções de camping tradicional e camping de luxo que a ilha oferece. Os viajantes que querem desfrutar da temporada de outono, que amam o ar livre, podem armar uma barraca na Fazenda Grange em Newport (que foi reaberta em 4 de julho de 2020), e sonhar em ter apenas o som das ondas ressonando em seus ouvidos, ou, quem sabe, ansiar por uma estadia em uma ecopousada aconchegante no tranquilo Tom’s Eco Lodge (também reaberta na mesma data), onde os visitantes podem até alugar uma banheira de hidromassagem!

 

Fonte: VisitBritain