Ilha é um dos primeiros destinos do Caribe a receber essa clasificação

Your image description goes here

O famoso arco de pedra de Anguilla está pronto para voltar a receber visitantes. Foto: Divulgação

 

Anguilla agora é oficialmente classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como "sem casos" de COVID-19. Como parte da revisão contínua da classificação de transmissão dos casos do novo coronavírus, o Ministério da Saúde de Anguilla foi notificado em 16 de junho de que a classificação da ilha foi alterada de "casos esporádicos" para "nenhum caso". A mudança está refletida no relatório de situação da OMS publicado em 18 de junho de 2020.

 

Este é um marco importante e uma grande conquista para Anguilla. O Ministério da Saúde e o Governo do território britânico ultramarino expressaram seus sinceros agradecimentos e parabéns ao povo de Anguilla por essa conquista notável e apelaram por sua cooperação contínua daqui para frente.

 

À medida que o governo gradualmente começa a reabrir as fronteiras, a comunidade está sendo incentivada a continuar praticando a série de medidas de controle que foram implementadas nos últimos meses. Isso inclui ficar em casa em caso de indisposição, higiene das mãos e das vias respiratórias e manter uma distância física de pelo menos um metro de outras pessoas, especialmente daquelas com sintomas respiratórios (por exemplo, tosse, espirros). Essas práticas são o novo normal que deve ser mantido no futuro próximo.

 

As fronteiras da ilha permanecem fechadas ao tráfego internacional comercial até 30 de junho. Para conhecer as diretrizes, atualizações e informações mais recentes sobre a resposta de Anguilla para conter efetivamente a pandemia de COVID-19, visite www.beatcovid19.ai.

 

Para obter informações sobre a ilha, visite o site oficial do Conselho de Turismo de Anguilla: www.IvisitAnguilla.com; siga-nos no Facebook: Facebook.com/AnguillaOfficial; Instagram: @Anguilla_Tourism; Twitter: @Anguilla_Trsm. Use a hashtag: #MyAnguilla.