A cidade patagônica de Bariloche se une à tendência internacional de incentivar os cidadãos do País a ficar em casa para combater o Coronavírus. Hoje, a #YoMeQuedoEnCasa#VouFicarEmCasa#StayHomeé uma campanha global que estimula as pessoas a não saírem de casa para ajudar na contenção da propagação da doença do covid-19. Dessa forma, um dos destinos mais importantes da Argentina está alinhado na mobilização afim de cultivar a consciência dos cidadãos.

 

Até agora, Bariloche não tem casos confirmados de coronavírus, mas se une a esse movimento que é apresentado como a melhor maneira de parar a pandemia. Segundo Gastón Burlon, Secretário de Turismo de Bariloche: “A Covid-19 não vai nos pegar de surpresa pois temos o exemplo dos países que já foram afetados. Todo mundo concorda que ficar em casa é a melhor medida para combater o coronavírus, vamos ser responsáveis e não sair para as ruas”.

 

O Festival Nacional de Chocolate foi suspenso, assim como as trilhas no Parque Nacional Nahuel Huapi foram fechadas após as decisões relatadas pelo Presidente da Nação, entre outras medidas. O importante hoje é preservar a saúde dos cidadãos e, como Bariloche é um destino que pode ser visitado durante todo o ano, não haverá falta de oportunidade para os turistas aproveitarem suas atrações.

 

A cidade está trabalhando para garantir que o melhor de Bariloche possa ser desfrutado em casa por meio de uma plataforma virtual interativa para que, adultos e crianças, possam se sentir próximos e continuar a conhecer o destino ao mesmo tempo que ajudam a cuidar da saúde de todos. “Hoje a prioridade é a saúde, ficar em casa não significa férias, significa prevenção e cuidado. Estou certo de que, se tomarmos as medidas com responsabilidade, nos veremos novamente em breve”, concluiu Burlon.

 

Para mais informações: barilocheturismo.gob.ar