Foto: Divulgação/ VisitBritain

 

 

A costa variada e as águas doces da Escócia, tanto em ambientes urbanos quanto rurais, oferecem esportes e diversão o ano todo. Em 2020, as atrações aquáticas do país serão homenageadas no Year of Coast & Waters (Ano das Costas e das Águas), um programa de eventos que mostrará ao longo do ano a incrível variedade aquática escocesa.

 

Eventos especiais em 2020

 

Uma série de eventos bem diversos colocará as costas e as águas da Escócia em destaque ao longo de 2020. Eles incluem tradições como o Crail Food Festival e o Scottish Traditional Boat Festival em Portsoy, além de um encorpado Clydebuilt Festival e da The Fife RegattaO Festival Internacional de Cinema de Edimburgo também exibirá um conjunto especial de filmes, chamado Scotland's Shores, mostrando os espetaculares encantos costeiros do país, além de uma experiência especial ao ar livre.

 

A posição de Aberdeen como local perfeito para avistar golfinhos será lembrada pela Royal Society for the Protection of Birds no DolphinFest 2020. Já o National Theatre of Scotland está desenvolvendo uma produção chamada Ferry Tales para celebrar as águas da Escócia e as viagens que elas proporcionaram. O Scotland’s Boat Show e a Kip Marina também exibirão o River of Light, um evento especial com vários barcos iluminados em outubro de 2020.

 

Os lochs (lagos), rios e canais têm também grande importância histórica para a Escócia e proporcionam aos visitantes uma riqueza de experiências, incluindo passeios de barco, esportes de aventura, observação da vida selvagem e mergulho com grandes criaturas marinhas. Além de participarem dos eventos já planejados para este ano especial na Escócia, os visitantes poderão navegar pelas muitas ilhas e cursos de água da região, explorar seu patrimônio marítimo e abraçar seus cursos de água como parte de uma série de atividades sazonais.

 

The Loch Ness 360 Trail

 

Conectando o Great Glen Way à trilha South Loch Ness, a Loch Ness 360° Trail é uma nova rota de longa distância para caminhadas e ciclismo em torno da impressionante paisagem de Loch Ness. Quem faz essa trilha leva cerca de seis dias para cobrir cerca de 120 quilômetros. Mas, ela pode ser dividida em etapas para experiências mais fáceis. A trilha passa pelas cidades de Inverness, Drumnadrochit, Invermoriston, Fort Augustus, Foyers e Dores, com inúmeras vistas espetaculares e pontos de parada ao longo do caminho. Para aqueles que querem descobrir mais sobre a história do loch e as montanhas circundantes, visitas guiadas e aluguel de bicicletas estarão disponíveis. Fique atento ao esplendor do Urquhart Castle e da Telford Bridge, ao lado das Falls of Foyers, onde a água cai em cascata sobre o penhasco.

 

Esportes aquáticos

 

Com sua mistura única de lagos calmos, ondas e corredeiras, além de mais de 10 mil quilômetros de costa, as águas da Escócia são adequadas para diversos esportes aquáticos. Os centros de atividades ao ar livre em todo o país oferecem desde as primeiras lições no esporte aos desafios mais difíceis.

 

Mergulho e snorkel

 

O litoral da Escócia abriga uma vida marinha maravilhosamente diversa e vários naufrágios para a exploração de mergulhadores. Aninhado no coração das Orkney Islands, o Scapa Flow é um dos maiores ancoradouros abrigados do mundo e um cemitério de navios naufragados. Explore o Sound of Mull com a empresa Lochaline ou mergulhe na história do Firth of Clyde no Wreckspedition Dive Charter. Não se preocupe com sua disponibilidade: a Escócia é rica em opções tanto para turistas que passeiam por um dia como para visitantes que buscam hospedagem por períodos mais longos, até mesmo em barcos especializados. O Puffin Dive Center em Oban oferece oportunidades para iniciantes descobrirem as delícias do mergulho. Alguns trechos selecionados das costas de Berwickshire e North West Highlands incluem trilhas de snorkel, nas quais é possível avistar espécies como ascídias, anêmonas, golfinhos e até baleias.

 

Caiaque e canoagem

 

Verdadeiro paraíso para os remadores, as águas tanto do interior como dos mares da Escócia estão repletas de oportunidades para praticar caiaque e canoagem. O rio Tay tem trechos para todos os níveis de dificuldade, com tandens e embarcações para uma pessoa disponíveis pela Outdoors Explore. Os visitantes também podem remar na maior massa de água doce da Grã-Bretanha, o Loch Lomond, com apoio da Wild By Nature. Em uma aventura de caiaque pela eclética costa da Escócia, é possível explorar cavernas, falésias, túneis e praias isoladas. Uma variedade de passeios e expedições de vários dias permite que os visitantes descubram novos pontos turísticos, remem em meio à vida selvagem e apreciem a geografia da região. A Orkney Sea Kayaking Association pode ajudar os visitantes a descobrir o famoso Old Man of Hoy de Orkney. Por sua vez, a Scottish Sea Kayaking Trail é uma viagem desafiadora de 500 km pelas partes mais pitorescas de Highlands e Ilhas.

 

Rafting em águas brancas

 

Os rios da Escócia oferecem algumas das mais emocionantes experiências naturais de rafting na Grã-Bretanha, que podem ser desfrutadas durante todo o ano. As águas mais calmas nos meses de verão são ideais para iniciantes. Já no início da primavera ou em períodos de fortes chuvas, o derretimento das neves gera desafios de rafting de Grau 4 ou 5 para os desbravadores mais experientes. O rio Findhorn, no Cairngorms National Park, é perfeito para emoções fortes, já que desce 150 metros ao longo de 29 quilômetros. O Findhorn é um dos últimos rios selvagens da Escócia e as condições climáticas geralmente regulam quais trechos podem ser usados no rafting. As corredeiras em alta velocidade do rio Tay são populares entre os caçadores de emoções. Já as liberações programadas das barragens no rio Garry, perto de Fort William, oferecem águas com bom grau de dificuldade de abril a outubro.

 

Canyoning e coasteering

 

Seja pulando das bordas das rochas em piscinas naturais ou explorando as margens sem um barco, a costa e as águas da Escócia oferecem muitas experiências de canyoning, trilhas em desiladeiro (gorge-walking) e coasteering. Os vales, florestas e rios do país são um playground natural para uma viagem de aventura desfrutada por toda a família. O litoral pode ser explorado sob uma nova perspectiva com o apoio de instrutores qualificados e kit de alta qualidade.

 

História em St Ninian’s Isle em Shetland

 

Aventure-se por um caminho espetacular de areia para descobrir a St Ninian’s Isle. O vasto trecho de areia e cascalho é o maior do gênero na Grã-Bretanha. Há uma rota para pedestres descobrirem os restos históricos da St Ninian’s Chapel, que já foi o lar de um tesouro hoje exibido em museus da Escócia. Olhe para as ilhotas rochosas de Coar Holm e Inns Holm e veja a natureza em toda a sua glória.

 

Observação de golfinhos na Costa de Banffshire e Moray Firth

 

Conhecida como a "Costa dos Golfinhos", o litoral de Banffshire e Moray é visitado por golfinhos-nariz-de-garrafa. A colônia de golfinhos no Moray Forth é a mais ao norte do mundo e está entre as maiores do gênero. Chanonry Point, perto de Fortrose, e a imponente fortificação militar em Fort George são locais populares para espiar os golfinhos a partir da terra, enquanto passeios de barco fretados e cruzeiros pela vida selvagem levam os visitantes a um passeio memorável mais perto da ação.

 

Nado com tubarões-frade

 

Os visitantes podem nadar com o segundo maior peixe do planeta durante os meses de verão, já que os tubarões-frade são vistos regularmente nas águas da costa oeste da Escócia. Esses peixes enormes, com até 10 metros de comprimento, são criaturas plácidas e desdentadas, o que significa que é possível nadar com eles em segurança, assim como na companhia de outros animais selvagens, como golfinhos e focas. As excursões ocorrem de abril a outubro, coincidindo com a migração desses tubarões para as águas escocesas, e a natação, o caiaque e o mergulho com snorkel em torno das criaturas são incrivelmente populares. Os pontos de acesso ficam ao redor da costa de Oban, Firth of Clyde e perto das ilhas de Coll, Canna e Tiree.

 

Emoções na Isle of Jura

 

Explore a selvagem Isle of Jura, lar de uma destilaria premiada, além de montanhas incríveis, um turbilhão natural fabuloso e uma população próspera de cerca de seis mil veados selvagens. As visitas a Jura Distillery revelam como os elementos naturais da ilha influenciaram o processo de produção do famoso uísque local. O Corryvreckan Whirlpool é um dos maiores turbilhões naturais de água do mundo. Passeios de barco para as águas circundantes ocorrem regularmente, e nelas é possível ouvir o incrível rugido da água.

 

Mergulho no Firth of Forth

 

Desde 1986, centenas de pessoas mergulham nas águas do Firth of Forth, ao sul de Queensferry, como parte da festividade chamada Loony Dook, em pleno Ano Novo. Com fins beneficentes, o evento reúne foliões – a maioria usando fantasias – que celebram o Hogmanay (Ano Novo) com essa gelada tradição. O nome é uma mistura de 'Loony' – abreviação de lunático – e 'Dook', um termo escocês para 'mergulho' ou 'banho'. Os visitantes são convidados a participar fantasiados ou torcer pelos Dookers enquanto descem para a praia.

 

Surf no Atlântico

 

A costa oeste da Escócia apresenta paisagens deslumbrantes, rica herança cultural e condições incríveis para o surf graças aos fortes ventos do sudoeste. Thurso, na ponta norte do continente escocês, é conhecida por suas ondas, enquanto a Ilha de Tiree oferece abundantes condições de surf e é o lar do Tiree Wave Classic em outubro, uma das principais competições de windsurf da Grã-Bretanha.

 

Caverna de Fingal na Isle of Staffa

 

Criada há cerca de 60 milhões de anos pelos mesmos fluxos de lava responsáveis pela Giant’s Causeway na Irlanda do Norte, a Fingal Cave abriga um incrível conjunto de colunas vulcânicas de basalto. A caverna de 69 metros de altura, na desabitada Isle of Staffa, nas ilhas chamadas Inner Hebrides, tem uma acústica surpreendente e pode ser avistada a partir de navios de cruzeiro nos meses de verão. A ilha é dominada por aves marinhas, incluindo mergulhões, tordas-mergulheiras, gansos e moleiros-grandes, enquanto os papagaios-do-mar a usam como local de reprodução entre maio e agosto.

 

Como chegar à Escócia A partir de Londres, são quatro horas de trem até Glasgow e quatro horas e meia até Edimburgo. A British Airways oferece conexões do Rio de Janeiro e São Paulo via London Heathrow para Aberdeen, Edimburgo e Glasgow na Escócia.