enit 22

Foto: Divulgação

 

 

Engana-se quem pensa que as festividades do Natal se resumem ao dia 25 de Dezembro na Itália. A partir do final de novembro, já é possível encontrar cidades mais iluminadas e tradicionais mercados natalinos com itens de artesanato, presentes e produtos gastronômicos típicos de cada região. 

 

A tradição dos mercados de Natal tem origem no norte da Europa, mas já se espalhou por diferentes regiões da Itália. Em maior ou menor tamanho, cada festividade dessa época representa um pouco da cultura de cada lugar e é uma ótima atração para os turistas.

 

Mercados de Natal da Itália

 

Do Norte ao Sul da Itália, encontramos diferentes mercados, mas alguns se destacam. Na região de Trentino Alto Adige, a indicação são os mercados de Bressanone, Brunico, Merano, Vipiteno e, principalmente, Bolzano, que atrai multidões.

 

A partir de 28 de novembro, o mercado de Bolzano se torna a “ocasião perfeita” para o turista conhecer essa região mais medieval da Itália.

 

Outro mercado que não pode ficar de fora do roteiro turístico é o de Trento, que atrai cerca de 500 mil visitantes ao ano. As festividades têm início em 23 de novembro e vão até 6 de janeiro do ano que vem.

 

Serão mais de 90 expositores, além da decoração natalina e atrações para famílias que vão transformar Trento em uma verdadeira “cidade do Natal”.

 

Dessa mesma forma, outros mercados levam a magia do Natal para outras regiões italianas. Em Friuli Venezia Giulia, por exemplo, os maiores e mais conhecidos mercados estarão em Trieste, Udine, Pordenone e Tarcento.