A primavera é, sem dúvida, uma das melhores épocas do ano para encontrar-se com as cores, os aromas e as texturas das flores nativas e exóticas do Uruguai. Percorrer os jardins botânicos, bosques, parques, eventos e feiras são algumas das propostas turísticas para apreciar um mosaico “biocultural” único

TunaCasaPueblo EugeniaGonzalez 3337

 Tuna Casa Pueblo. Foto: EugeniaGonzalez

 

Na primavera os dias são mais longos e quentes, se respira o desabrochar das árvores e flores que já são parte da paisagem. É o momento ideal para descobrir a natureza dos parques, viveiros, montes e eventos em torno da flora nativa e exótica.

 

A flora nativa representa uma enorme diversidade, que vai desde o ornamental ao frutal, do medicinal ao mel, do amadeirado ao aromático. As flores nativas estão presentes no Uruguai nas ribeiras e proximidades de rios, arroios e lagoas, montes e pradarias, dunas e serras. Algumas das espécies de flores de árvores nativas mais conhecidas são: barba de chivo, flor de guayabo del país, palo de fierro, plumerillos (vermelhos e rosados), mimosas, bibi, machines, margarita punzo, margarita morada, petúnia, juancho, santa lucía, entre outras.

 

Algumas das propostas para descobrir a flora nativa uruguaia e a exótica são: o Arboretum Lussich, em Maldonado; o Jardim Botânico em “El Prado” – Montevidéu; o Parque Nacional Aaraón Anchorena em Colonia e; “Montes del Queguay”, em Paisandú.

 

Marca registrada

 

O Uruguai possui uma presença de flora exótica introduzida ao longo dos séculos por colonos e imigrantes que chegaram a habitar determinados territórios, formam parte de cenários florais, associados a produção agrícola e floricultura.

 

Na primeira metade do século XX, Uruguai recebe a imigração japonesa, a maioria dos imigrantes, que eram provenientes do meio rural e se mantiveram na zona rural em Montevidéu e Canelones, permaneceram dedicados a floricultura. Como testemunha desse legado está o Jardim japonês de Montevidéu no bairro “del Prado”.

 

Outra programação importante é a Feira Floral da Paz - “Feria Floral de La Paz”, em Canelones. Acontece no dia 9 de novembro das 14:00 as 20:00, e a festa se caracteriza pelo intercâmbio cultural do povo japonês e o uruguaio. O centro da feira são as flores e os protagonistas são os floricultores que expõem e compartilham os segredos de cada uma. No evento também existirão apresentação de dança, gastronomia e outras exposições.

 

Voltando a Montevidéu, na Sociedade Criolla Elias Regules, localizada na Av. Bolivia, 2455 esquina com Dr. Elias Regules, entre 31 de outubro e 3 de novembro acontece a Feira de Flores e Jardins - “Feria de Flores & Jardines”. O evento promove a jardinagem, inspirado e emoldurado pelos jardins de campo, com passeios de compras, palestras, oficinas e gastronomia.

 

Se o turista ficar com vontade de mais, pode ir organizando a agenda para abril. Na cidade de San Javier no “departamento” de Río Negro é celebrada a “Fiesta del Girasol”, evento emblemático da história dos agricultores russos que chegaram ao vizinho, no início do século XX, fundando a colônia de San Javier em Río Negro, e desde sua chegada até os dias de hoje são pioneiros na produção de azeite de girassol.

 

Surpreenda-se com os momentos de primavera! Mais info: uruguaynatural.com