O atual traçado do mapa turco já foi palco para grandes acontecimentos

 

Rica em história, a Turquia viu passar por seu território grandes civilizações e impérios. Algumas de suas cidades serviram de palco para acontecimentos que entraram para a história da humanidade e redefiniram o rumo da narrativa mundial. Entre as cidades está Izmir, que serviu de casa para personagens notáveis e importantes para o desenvolvimento da civilização. Ao visitá-la, é possível fazer uma viagem pelo passado.

 

Izmir (Esmirna):

 

Conhecida como uma das principais cidades turísticas da Turquia, Izmir é rota obrigatória para quem busca por fatos históricos, memórias e acontecimentos da humanidade que permitem ao turista deslumbrar roteiros inesquecíveis. Por vários pontos da cidade, as ruínas recontam a história da região. Já o museu arqueológico, é uma das atrações que guarda em seu acervo uma vasta coleção de antiguidades, como estátuas de Poseidon, deus dos mares, e Deméter, deusa da colheita e agricultura, que estavam nas Ágoras dos gregos.

 

Aos interessados em turismo religioso, o destaque da cidade são duas das sete igrejas citadas no apocalipse – a igreja de Izmir e a igreja de Éfeso. Na cidade antiga de Éfeso, é possível visitar suas ruínas, consideradas patrimônio da humanidade pela UNESCO.

 

Banhada pelo Mar Mediterrânea, Izmir ainda permite desfrutar de paisagens litorâneas encantadoras. A gastronomia da cidade é única, unindo sabores da Turquia continental com os pratos e temperos da costa mediterrânea.

 

Conheça mais sobre Izmir

 

Antiga cidade da Anatólia Ocidental, existe desde o terceiro milênio a.C. Em 1500 a.C, ficou sob a influência dos Hititas, povo que conquistou a península e permaneceu até XII-XII a.C. A cidade é de grande importância histórica, uma vez que nela foram encontrados um templo a Atena, deusa da sabedoria e da guerra. Também, acredita-se que Homero, autor de Ilíada e Odisséia, tenha vivido nela no primeiro milênio a.C. Com a queda do império, a região se tornou o reino de Lídia, onde acredita-se que tenham sido inventadas as moedas. Izmir também fez parte do Império Romano, Bizantino e Otomano, que, mais tarde, se tornaria a atual Turquia.