Chegou o Luminar Neo, com novos recursos para editar suas fotos de modo profissional.

1217 tcheca f

Foto: Divulgação

 

2018 é um ano em que se comemoram grandes acontecimentos do país. Celebramos 100 anos de independência, 50 anos da Primavera de Praga e 25 anos da formação da República Tcheca. Vamos dedicar este ano para compartilhar os eventos e histórias mais relevantes dos últimos 100 anos da República Tcheca e começamos com a corrente arquitetônica que marcou vários monumentos do destino, alguns reconhecidos pela UNESCO. O funcionalismo foi um estilo novo que veio fortalecer sua posição nos anos vinte e trinta do século passado. Este estilo arquitetônico também se expandiu para a Tchecoslováquia naquela ocasião e elevou a arquitetura tchecoslovaca ao topo europeu.
 

Vamos visitar verdadeiras joias da arquitetura mundial — obras criadas por personalidades como os arquitetos Adolf Loos ou Ludwig Mies van der Rohe.

 

1. Villa Tugendhat
Endereço: Černopolní 45, Brno

1217 tcheca f6

Foto: Divulgação

 

A pérola do funcionalismo é, sem dúvida, a Villa Tugendhat, que fica em Brno, a metrópole da Morávia. A vila é uma excepcional obra funcionalista que foi desenhada pelo arquiteto alemão Ludwig Mies van der Rohe. É o único monumento de arquitetura moderna na República Tcheca que está inscrito na Lista do Patrimônio Cultural Mundial da UNESCO. É também um edifício que estabeleceu novos critérios para habitação moderna e é uma das obras básicas da arquitetura moderna no mundo  – o  funcionalismo. A vila e o jardim adjacente foram reconstruídos no período de 2010 a 2012 e adquiriram a aparência que tiveram em 1930, quando a reforma chegou ao fim. A quantidade de interessados é enorme, portanto, recomendamos reservar ingressos com antecedência.

 

2.  A vila de Müller
Endereço: Nad Hradním vodojemem 14/642, Praga 6 – Střešovice

1217 tcheca f5

Foto: Divulgação

 

A luxuosa vila funcionalista de Müller está localizada em Orechovka, um dos mais famosos e mais antigos bairros residenciais de Praga. A vila do casal Milada e František Müller foi criada com base no projeto do grande arquiteto Adolf Loos, que na época estava trabalhando na Boêmia. Precisamente graças a este trabalho, Loos conseguiu elevar ao topo seu conceito excepcional de espaço. O equipamento do interior da vila foi escolhido e, em muitos casos, também foi projetado pessoalmente por Loos e representa uma surpreendente harmonia entre o funcionalismo moderno e o estilo classicista inglês.

 

3. Veletržní palác (Palácio de Feiras)

Endereço: Dukelských hrdinů 530/47, Praga 7

1217 tcheca f3

Foto: Divulgação

 

Outra importante obra praguense construida no estilo funcionalista é o Palácio das Feiras. Foi construído no período de 1925 a 1928 e naquela época era a maior edificação de seu gênero no mundo. O edifício foi adquirido pela Galeria Nacional de Praga, e continua sendo sua propriedade até hoje e é sede da exposição permanente da Arte dos séculos XX e XXI.  
 

4. O arranha-céu de Baťa
Endereço: třída Tomáše Bati 21, Zlín

1217 tcheca f2

Foto: Divulgação

 

O arranha-céu de Baťa foi construído de 1936 a 1938 pelo empresário Jan Antonín Baťa (irmão do famoso fabricante de sapatos Tomáš Baťa) na cidade de Zlín, e o autor do projeto foi o arquiteto Vladimír Karfík. O edifício tem o número 21 e por isso leva o nome de “o vinte e um”. Com 17 andares e 77,5 m de altura, naquele momento o arranha-céu era o segundo edifício mais alto da Europa. O trabalho realmente representa um pequeno milagre tecnológico por seu correio tubular, tomadas elétricas e telefônicas, - o elevador do diretor da empresa que mede 6 x 6 metros - tudo isso pode ser visto aqui. Não surpreende, portanto, o fato de que o arranha-céu fosse um dos oito monumentos mais importantes da arquitetura tcheca do século XX. Hoje é a sede do município provincial da região de Zlín. Outra curiosidade: banheiros masculinos em cada andar, banheiros femininos apenas no segundo e nono, de acordo com o projeto arquitetônico.

 

5. A villa Stiassni
Endereço: Hroznová 82/14, Brno-střed

1217 tcheca f1

Foto: Divulgação

 

A vila funcionalista de dois andares em Brno, com o plano horizontal em forma de "L", foi projetada por Ernst Wiesner e completada em 1929. A construção foi encomendada pelo empresário Alfred Stiassni e sua esposa Hermína, cujo sobrenome batizou a vila. A vila, bem como o seu jardim, tornou-se, em 1952, propriedade do Estado, mais tarde foi usada para fins representativos e às vezes continua sendo chamada de “a aldeia governamental". Várias personalidades de renome se hospedaram nesta vila, incluindo Fidel Castro. Desde 2009, a vila é administrada pela Instituição Nacional de Proteção de Monumentos e nos últimos três anos foi aberta novamente ao público.

 

Descubra mais em #DestinoChequia

www.midestioneschequia.com

www.czechtourism.com