Hamburg

Hamburgo. Foto: DZT - Centro de Turismo Alemão

            

No país que deu ao mundo os maiores compositores clássicos – como Bach, Strauss e Händel – e o físico Albert Einstein, os visitantes também encontram museus, passeios históricos, design, cultura e gastronomia que agradam aos mais diversos perfis. O DZT – Centro de Turismo Alemão preparou uma lista com algumas das principais atrações nas cidades de Frankfurt, Munique, Hannover, Nuremberg, Düsseldorf, Stuttgart, Hamburgo, Leipzig, Colônia e Dresden, que mostram um pouco do luxo e do lifestyle nas metrópoles alemãs.

 

Confira:

 

Frankfurt soma mais de 60 museus e salas de exposições. Para facilitar a seleção, a cidade oferece um ticket aos turistas que permite conhecer todos os museus que lhe interessarem, restando apenas selecioná-los pelo gosto pessoal. As opções vão desde o Museu das Artes Aplicadas ao Museu da Arquitetura Alemã, do Museu de Cinema ao mundialmente famoso Museu Städel.

 

Museu Städel Lifestyle

Museu Städel. Foto: DZT - Centro de Turismo Alemão

 

Qual o grande charme de Munique? Moradores locais diriam que são seus restaurantes, que se aventuram em novas receitas ou, talvez, sugiram um de seus beer gardens. A cidade também reúne designers – tanto estilistas quanto designers gráficos e de móveis – que criam suas lojas às margens do rio Isar. Para completar, Munique também conta com diversas casas noturnas descoladas e glamurosas e shoppings que poderiam desbancar as grandes capitais mundiais da moda.

 

Em Hannover, as residências de verão da Família Guelph no Castelo Marienburg e as mansões e jardins, como o castelo Herrenhausen, testemunham o legado da dinastia Guelph, que governou a região por 123 anos, além de fornecer uma visão sobre a vida da corte do passado. Os jardins de Herrenhausen, planejado no final do século XVII, continuam impressionando com seu estilo barroco e seus caminhos sinuosos com fontes d’água. Já o museu Herrenhausen Palace convida o visitante para descobrir seu interior e o jardim, que esbanja figuras de mosaicos de vidro e pedras.

 

Castelo Marienburg Lifestyle

Castelo Marienburg em Hannover. Foto: DZT - Centro de Turismo Alemão

 

Visível sobre uma montanha a cerca de 20 quilômetros ao sul de Hannover, o Castelo de Marienburg foi um presente do Rei Georg V de Hannover à sua esposa Marie e é uma das construções mais impressionantes do estilo neogótico alemão, construído entre 1858 e 1867. No verão de 2017, o local foi o palco do casamento do príncipe Ernst August de Hannover. Diariamente, o castelo oferece visitas temáticas e pratos típicos, servidos em seu restaurante.

 

Já o Mercado de Natal em Nuremberg, considerado um dos mais famosos do mundo, recebe visitantes de todo todos os cantos do planeta entre os dias 1 e 24 de dezembro, e encanta não só as crianças, mas todos aqueles que se identificam com a magia do Natal. Neste período, a Cidade Velha apresenta o esplendor de milhares de luzes e exala o aroma do famoso vinho quente alemão, salsichas e doces típicos, além dos tradicionais acessórios de decoração e doces feitos à mão.

 

0917 alemanha Mercado de Natal Lifestyle

Mercado de Natal em Nuremberg. Foto: DZT - Centro de Turismo Alemão

 

A gastronomia é uma das atrações de Düsseldorf. A cidade conta com restaurantes modernos, como o Hausmann’s, e mais tradicionais, como o Sansibar, além de simpáticos cafés, como Bernstein & Inbar ou Breidenbacher Hof. Outra vantagem da cidade é que ela oferece vários passeios a pé, incluindo uma caminhada pela Avenida Königsallee – carinhosamente chamada de Kö –, com suas lojas e butiques que atraem aos amantes da moda.

 

Se pudéssemos definir Stuttgart em uma única palavra seria “luxo”. Berço de marcas automobilísticas como Mercedes-Benz e Porsche – e seus respectivos museus -, a cidade também reúne lojas como a Breuninger, com seu exclusivo departamento de sapatos femininos, e o shopping de artigos domésticos de alto padrão Dorotheen-Quartier.

 

Museu da Mercedes Lifestyle

Museu da Mercedes-Benz em Stuttgart. Foto: DZT - Centro de Turismo Alemão

 

Indispensável para o amadurecimento musical dos Beatles, Hamburgo não é apenas um destino dos sonhos por reunir grifes de estilistas famosos. A cidade às margens do rio Elba também vem produzindo novos talentos, que, em breve, serão os novos nomes da moda. Para quem prefere os clássicos, o local também tem os tradicionais shoppings Jungfernstieg e Mönckebergstrasse.

 

Quem é ligado no mundo fashion também vai se apaixonar por Leipzig. Lá, os turistas podem passear pelo centro histórico da cidade e fazer compras pelos quarteirões cobertos, que não deixam ninguém se molhar em um dia de chuva! A beleza arquitetônica da região também encanta os visitantes enquanto eles apreciam um mix de cultura, delícias culinárias e compras.

 

Em Colônia, a marca Rimowa fabrica, desde 1950, a Topas, a famosa mala prateada feita de uma liga de alumínio e magnésio, com o inconfundível design de vincos, que se tornou a marca registrada da empresa. A combinação de tecnologia avançada e trabalho manual genuíno se reflete novamente no produto "made in Germany". Para personificar a Topas, muitos turistas incrementam suas malas com adesivos e memórias de cada viagem.

 

Electoral Wardrobe é a parte mais nova do enorme complexo museu do Residenzschloss – ou Palácio Real – de Dresden. Lá estão em exposição peças de mais de 400 anos, que mostram como a moda se reinventa ao longo dos anos. Outra visão da moda pode ser vista no Museu Militar de Dresden, assinado pelo famoso arquiteto americano Daniel Libeskind, com uma exposição da inglesa Vivienne Westwood, mostrando a inspiração militar no mundo fashion.