Novas medidas têm validade a partir desta semana

WhatsApp Image 2021-09-23 at 18.13.59

 

À medida em que as campanhas de vacinação avançam nos cinco continentes,  os mais diferentes destinos turísticos reabrem suas fronteiras movimentando a indústria de viagens. Os passes sanitários seguem como exigência para o ingresso em diversos países, assim como novos protocolos de biossegurança.

 

Desde o último 15 de setembro é permitido o acesso sem máscaras nas praias paradisíacas de Saint Barth, a mais badalada ilha do Caribe francês. É possível desfrutar do Sol e das águas turquesas nas areias de  Gouverneur, St.Jean, Shell Beach e demais praias adoradas pelos estreantes e habitués. Ainda que o uso de máscaras não seja obrigatório o distanciamento social segue como imperativo.

 

Nas lojas,  bancos e ruas muito movimentadas as máscaras são exigidas assim como passes sanitários e carteiras de vacinação comprovando a vacinação completa. Os únicos estabelecimentos comerciais em que se pode ficar sem máscaras são bares e restaurantes.

 

Nesta última segunda-feira, as autoridades sanitárias dos EUA anunciaram a reabertura de suas fronteiras aos brasileiros a partir de novembro, enquanto Saint Martin reabre as fronteiras a viajantes do Brasil a partir de 1 de outubro. Mesmo assim não é permitida a entrada em Saint-Barth para os não-vacinados, exceto com justificativa de natureza médica, familiar ou profissional. Nesses casos é exigido, além de teste PCR de Covid-19 negativo para maiores de 10 anos, feito em até 72 horas antes, quarentena de 7 dias antes de entrar na ilha, com 7ºdia acompanhado de teste PCR. Quanto aos vacinados, maiores de 18 anos,  é obrigatória a apresentação de certificado Internacional de vacinação completa e teste antígeno de Covid-19 negativo, realizado em 48 horas após chegada ou teste PCR negativo de Covid-19 de até 72 horas.

 

É recomendado verificar também as normas exigidas nos Aeroportos Internacionais de San Juan, Luis Munõz Marín, Aeroporto de St.Maarten, Princess Juliana e Antigua e Barbuda.