A companhia está investindo em recursos que evitam o contato durante toda a viagem e agora também testa menus digitais na tela do encosto das poltronas em alguns voos internacionais

A adoção da tecnologia tap-to-pay no interior das aeronaves da Delta permite que as compras feitas pelos passageiros a bordo sejam pagas sem contato. Foto: Divulgação

 

A Delta continua a investir em recursos que evitam o contato e o atrito no ar e em solo. A partir de 16 de março, a tecnologia tap-to-pay (que transforma aparelhos celulares em terminais de pagamento) permitirá que compras feitas a bordo sejam pagas sem contato. Assim, durante o voo, os clientes poderão adquirir fones de ouvido usando seus dispositivos móveis ou cartões de crédito habilitados para pagamento por aproximação. Esse tipo de serviço se ampliará para todas as vendas dentro das aeronaves conforme mais opções de alimentos e bebidas retornarem. O novo sistema também permite o envio de recibos por e-mail.

 

“Na Delta, pensamos grande, começamos pequeno e expandimos rapidamente para aprimorar a experiência de nossos passageiros”, disse o diretor executivo de Experiência do Cliente, Bill Lentsch. “Esses novos recursos não apenas proporcionarão tranquilidade em tempos de pandemia, reduzindo os pontos de contato, mas também são um elemento-chave de nossa visão para facilitar cada etapa da viagem”.

 

Em alguns voos internacionais, a companhia aérea global também está testando menus digitais disponíveis na tela do encosto das poltronas, com planos de expandir o recurso em sua frota. Um novo cardápio eletrônico na cabine Delta One, atualmente acessível por meio dos monitores individuais dos assentos e oferecido nas rotas operadas com A330 entre Boston e Amsterdã, reduzirá o desperdício, agilizará o serviço e permitirá que os comissários de bordo se conectem com os clientes com mais segurança.

 

A Delta continua a investir em inovações sem contato ao longo de toda a experiência de voo. Os clientes podem desfrutar de uma experiência de check-in sem toque usando o aplicativo Fly Delta, que em breve terá mais recursos para eliminar as dúvidas de viagens. Nos banheiros a bordo, torneiras, alavancas de descarga e tampas de lixo touchless reduzem os pontos de contato nas superfícies de maior uso, enquanto a iluminação antimicrobiana nas pias e bancadas oferece proteção adicional. Essas soluções estão disponíveis em muitas aeronaves da Delta, incluindo os Airbus A350 e A330-900 e os Boeings 767-400 e 757. Outros tipos de aviões serão adaptados com algumas dessas facilidades ainda este ano.

 

A empresa também está ampliando os serviços sem toque para ajudar os clientes a transitar pelo aeroporto com mais rapidez e facilidade. Em parceria com a Administração de Segurança dos Transportes, a Delta lançou recentemente sua primeira opção de reconhecimento facial para passageiros domésticos em Detroit, de modo a agilizar a passagem dos viajantes pelo Terminal Edward H. McNamara por meio do posto de controle doméstico dedicado ao sistema TSA PreCheck. Isso se baseia na opção de reconhecimento facial já oferecida pela Delta para qualquer pessoa embarcando para um destino internacional a partir de Detroit.

 

A Delta continua garantindo uma experiência segura para os clientes e funcionários graças às mais de 100 medidas de proteção, incluindo o bloqueio dos assentos do meio e a limitação da capacidade a bordo em todos os voos até abril de 2021; exigência do uso de máscaras durante a viagem; e substituição dos filtros HEPA de nível industrial a bordo com uma frequência duas vezes maior do que a recomendada pelo fabricante.

 

As informações em português estão aqui. E, pa ra ficar a par de todas as novidades da Delta, clique aqui.