Chegou o Luminar Neo, com novos recursos para editar suas fotos de modo profissional.

“África do Sul: o paraíso de um explorador” é a nova página do Google Arts & Culture e permite que pessoas de todo o mundo conheçam o país virtualmente

Foto: Divulgação

 

O Google Arts & Culture (GAC) e o Turismo da África do Sul anunciaram o lançamento de África do Sul: o paraíso de um explorador, exposição online através da qual visitantes de todo o mundo podem conhecer a África do Sul. A plataforma conta com uma coleção de 500 imagens e vídeos, 55 street views e 20 histórias digitais.

 

Essa é a primeira fase de uma colaboração de longo prazo que busca celebrar a diversidade do povo sul-africano, sua rica herança cultural e paisagens de tirar o fôlego.

 

A pandemia de COVID-19 colocou pressão na indústria global do turismo, incluindo a sul-africana, e o projeto se apresenta como uma nova possibilidade para que viajantes descubram o melhor da África do Sul virtualmente.

 

“A África do Sul é apropriadamente descrita como um microcosmos do mundo, um lugar onde as civilizações se encontram,” diz o diretor regional do Google South Africa, Alistair Mokoena. “Com suas paisagens espetaculares, vida selvagem impressionante e biodiversidade imbatível, cidades modernas e agitadas, e economia vibrante, a África do Sul é constantemente descrita como “O mundo em um país”.

 

“Em 2019 mais de 10 milhões de pessoas visitaram o país. Em 2020, a quantidade de turistas foi substancialmente menor – outubro de 2020, por exemplo, teve 91% menos chegadas de passageiros do que outubro de 2019. Nós queremos promover a herança cultural e os destinos turísticos da África do Sul de uma forma que nunca foi feita antes, para estimular as pessoas a visitarem o país pessoalmente assim que puderem,” diz Mokoena.

 

Para o Turismo da África do Sul, isso marca o início oficial de uma parceria que terá papel crucial na recuperação do setor. “A plataforma Google Arts and Culture faz um trabalho excelente de criar interesse e permitir que o mundo todo tenha um vislumbre do que é a África do Sul. Porém, o que me anima também é o potencial dessa parceria em fazer com que o setor cresça na frente digital,” diz o CEO do Turismo da África do Sul, Sisa Ntshona. “Sabemos que o caminho digital é a norma atualmente e através dessa colaboração esperamos equipar o setor com as habilidades necessárias para se adaptar e prosperar nesse ambiente.”

 

“Já começamos a apresentar algumas das possibilidades oferecidas pelo Google em nossos workshops voltados a SMMEs – Small and Medium Enterprises (Empresas de Pequeno e Médio Porte) - por todo o país, e continuaremos fazendo isso, entre outras coisas, ao longo do ano,” disse Ntshona.

 

Foto: Divulgação

 

O diretor do Google Arts & Culture, Amit Sood, também demonstrou empolgação com o início do projeto.

 

"Estou feliz com o fato de que o Turismo da África do Sul e o Google Arts & Culture estão começando essa colaboração. A primeira fase da nossa parceria é mostrar na plataforma online locais incríveis, jóias escondidas e atividades de aventura espalhadas pela África do Sul. Estamos ansiosos pelos próximos passos e esperamos que qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, possa ter um vislumbre de tudo que o país tem a oferecer,” disse Sood.

 

Para explorar a África do Sul e descobrir conteúdos emocionantes, visite g.co/sharesouthafrica, ou faça download do aplicativo do Google Arts & Culture para Android ou iOS.