Chegou o Luminar Neo, com novos recursos para editar suas fotos de modo profissional.

Kempinski Laje de Pedra será o primeiro sob a bandeira no hemisfério Sul

Márcio Carvalho, Heloísa Crocco, José Paim, José Ernesto Marino Neto e Marcela Camargo. Foto: Divulgação

 

A diretora comercial da Kempinski na América Latina, Marcela Camargo, apresentou a um grupo seleto composto pelos mais importantes agentes de viagens do Rio Grande do Sul o projeto do novo Kempinski Laje de Pedra em Canela. O hotel será responsável pela criação de um novo paradigma em hospedagem de luxo no Brasil e contará com investimento superior a R$ 500 milhões em seu processo de revitalização e ampliação.

 

No jantar, realizado em Porto Alegre, Marcela detalhou os atributos do destino àqueles que serão os “embaixadores desse projeto no mundo”. A representante da rede alemã destacou que este deve se tornar o maior e mais luxuoso hotel de montanha do hemisfério Sul. “Não poderíamos ter escolhido melhor lugar para instalar o primeiro hotel Kempinski na América do Sul do que a Serra gaúcha”, disse Marcela.

 

A região vem atraindo um número cada vez maior de turistas ano após ano. Canela, por sua vez, é tida como a cidade mais charmosa e sofisticada da região com acesso fácil a excelentes vinícolas, aos incríveis canyons gaúchos e a locais ideais para prática de esportes de aventuras e radicais de alto contato com a natureza que a região dos Campos de Cima da Serra propõe.

 

Elisabet Diefenthaeler, diretora da Ouro e Prata Turismo, e Marcela Camargo, Diretora Comercial da Kempinski na América Latina. Foto: Divulgação

 

Os sócios da LDP Canela S/A, José Paim, José Ernesto Marino Neto e Márcio Carvalho, proprietários do futuro Kempinski Laje de Pedra, salientaram a relevância de trazer o Laje de Pedra de volta à vida e anunciaram a abertura, ainda em outubro, do Mirante Laje de Pedra. O espaço aberto ao público contará com restaurante gerido pelo grupo 20BARRA9 em parceria com TORO Gramado Bar e Restaurante e vista para o Vale do Quilombo.