O SESC Parque Dom Pedro II recebe exposição fotográfica “Lá e Cá”, que homenageia as brasileiras e brasileiros que diariamente, com o seu trabalho, fazem o país produzir em todas as áreas da economia

0318 sesc paulo

Fotos: Paulo Fridman

 

 

A exposição autoral do internacionalmente renomado fotógrafo Paulo Fridman, intitulada de “Lá e Cá”, ocupará a área externa do Sesc Parque Dom Pedro a partir de 17 de março, onde permanecerá aberta gratuitamente ao público até agosto. As fotografias, impressas em diferentes formatos e com expografia pensada para envolver o público e fazer refletir sobre os retratados e seu meio de ganhar a vida, são resultado de um trabalho de longos anos de Paulo Fridman que, no final de 2015, lançou o livro “Segredo do meu sucesso” (Abook Editora), onde já mostrava o rosto de um outro Brasil. Para essa exposição, Paulo Fridman acrescentou novos personagens, que foram clicados no centro de São Paulo, como forma de homenagear aqueles que diariamente constroem e alimentam a cidade.

 

“Lá e Cá”, exposição que conta com a curadoria de Diógenes Moura, é o resultado de um ensaio fotográfico sobre os trabalhadores brasileiros, construído institivamente por Paulo Fridman ao longo dos últimos anos e que se objetivou e materializou entre 2014 e 2018. Todas as fotografias destacam o personagem como se de uma capa de revista se tratasse, dando destaque e relevância a cada um dos retratados, como forma de homenagear pessoas anônimas e seus trabalhos, tão essenciais em nosso cotidiano.

 

A exposição irá conter imagens do reciclador na metrópole enlouquecida, o funileiro do bairro, a vendedora de pamonha e o roceiro de pele envelhecida, entre muitos outros trabalhadores, todos registrados pelo fotógrafo em diversas viagens realizadas pelo Brasil como interior de São Paulo, Brasília, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Rio de Janeiro, Pará, Bahia e Santa Catarina.

 

Paulo Fridman

 

Paulistano, nascido em 1955, tem suas fotos publicadas internacionalmente em mais de 500 capas como a “Time”, “The New York Times Magazine”, “Newsweek” e “Forbes”, entre outras dezenas de publicações, onde é um dos fotógrafos brasileiros mais publicados. Expôs em diversos locais do Brasil e do estrangeiro, como a Photographers Gallery, o MASP e a Pinacoteca de São Paulo, o Museu da Fotografia em Curitiba e a Exit Art, entre outras instituições. Suas fotografias fazem parte de acervos e coleções de diferentes museus e centros culturais: Instituto Itaú Cultural, Coleção Pirelli/MASP, Museu da Fotografia da Fundação Cultural de Curitiba, MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo e Library of Congress, dos Estados Unidos. Recebeu um Leão de Ouro em Cannes. Desenvolveu o projeto “Retratos Falantes”, pelo qual também foi premiado. E, já este ano, recebeu o convite para ser um dos cinco artistas brasileiros escolhidos para a “Chromatic Brazil”, uma exposição mundial de fotos realizada pela L’Oréal Paris.

 

0318 sesc paulo 1

 

SERVIÇO:

Datas: de 17 de março a 1 de julho de 2018

Horários: de quarta a domingo e feriados, das 10 às 18h

Local: SESC Parque Dom Pedro II – área externa

Endereço: Praça São Vito, s/nº - Brás, São Paulo – SP